CANTIGA VELHA

Falso cavaleiro ingrato,
enganais-me:
vs dizeis que eu vos mato,
e vs matais-me.

VOLTAS PRPRIAS

Costumadas artes so
para enganar inocncias
piadosas aparncias
sobre isento corao.
Eu vos amo, e vs, ingrato,
magoais-me
dizendo que eu vos mato;
e vs matais-me.

Vede agora qual de ns
anda mais perto do fim:
que a justia faz-se em mim
e o prego diz que sois vs.
Quando mais verdade trato,
levantais-me
que vos desamo e vos mato;
e vs matais-me.
 

Luís Vaz de Camões
[FALSO CAVALEIRO INGRATO]
Voltar