Amei-vos sempr’, amigo, e fiz-vos lealdade;
se preguntar quiserdes em vossa puridade,
saberedes, amigo, que vos digo verdade,
ou se falar ouverdes com algum maldizente
e vos quiser, amigo, fazer al entendente,
dizede-lhe que mente, dizede-lhe que mente

 

Joam Airas de Santiago
Voltar