A saudade que pesa 
      Em meu coração triste,
Não m'a tira a certeza
      De que outro mundo existe.

Porque não é o além
      Que cura o que perdi.
Quem quero é minha mãe,
      A mãe que tive aqui.

É o carinho da terra
      É o amor que é afago,
No além a alma erra
      Vaga num sonho vago.

Dizem-me firme e em vão
      Que hei-de ainda a encontrar
Na reincarnação
      Outro, em outro lugar...

Mas é a mesma que eu quero,
Essa é que eu choro em dor...


In Poesia 1931-1935 e não datada , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar