É sono? É sonho? É ver?
Não sei, nem sei saber…
Há um sol negro no fundo
Do que me sinto ser
E à roda gira o mundo.

 

23 - 6 - 1934

In Poesia 1931-1935 e não datada , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar