A vida tem lágrimas pesadas como árvores... 
A sombra avança no atalho como um formigueiro. 
Tuas pernas estão vermelhas de frio na paragem do eléctrico. 

Felizmente existe a noite e a tua chegada. 
O anjo estático não é mais do que um boneco de pedra. 
O calor da tua boca reinventa o estio. 


In O PÊNDULO AFECTIVO - ANTOLOGIA POÉTICA:1950-1990 , Edições Afrontamento, 1991
Egito Gonçalves
IMAGENS DE UM INVERNO INDOCUMENTADO
« Voltar