Lento erguer do lençol sem tecido
Memória de esquecimento
A memória não tem palavras
Mas imagens nuas
Forças perdidas da voz
Adormeço na almofada vermelha
De sangue preso
Lento frio lençol erguido

In Voz Nua , Livros Horizonte, 1986
Matilde Rosa Araújo
« Voltar