CANTIGA ALHEIA

Vida da minh'alma
no vos posso ver;
isto no vida
para se sofrer.

VOLTAS PRPRIAS

Quando vos eu via,
esse bem lograva,
a vida estimava;
mais ento vivia,
porque vos servia
s para vos ver.
J que vos no vejo,
para que viver?

Vivo sem razo,
porque em minha dor
no a ps Amor,
que inimigos so.
Mui grande treio
me obriga a fazer
que viva, Senhora,
sem vos poder ver.

No me atrevo j,
minha to querida,
a chamar-vos vida,
porque a tenho m.
Ningum cuidar
que isto pode ser:
sendo-me vs vida,
no poder viver!

Luís Vaz de Camões
[VIDA DA MINH'ALMA]
Voltar