Passa o dia contigo 
Não deixes que te desviem 
Um poema emerge tão jovem tão antigo 
Que nem sabes desde quando em ti vivia 

In Ilhas
Sophia de Mello Breyner Andresen
« Voltar