Sonho a vida, e tristonho...
      Sonhar por sonhar
Antes o meu sonho
      Que o sonho vulgar...
O da terra dos céus
      Sonha-o toda a gente...
Antes os sonhos meus
      Que são meus somente.

[10-1-1913-9

In Poesia 1902-1917 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005
Fernando Pessoa
« Voltar