Risco no chão um traço, à beira água:
Não tarda que a maré o deixe raso.
Tal e qual o poema. Ë Comum sorte
Que areias e poemas tanto valham
Ao vaivém da maré, vem-vem da morte.

In Os Poemas Possíveis
José Saramago
« Voltar