Quando eu amei não fui amado,
Nem fui amado sem amar.
Todo o meu ser ficou parado
A meditar.

O que eu obtive não queria.
O que queria não obtive.
Egoísta, sim. Mas no aspecto
Nem sempre o mostra, porque é
Muito amigo de si.

7 - 7 - 1917

In Poesia 1902-1917 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005
Fernando Pessoa
« Voltar