D'amores de ũa nclita donzela
ferido o mesmo deus d'Amor se viu
e preso, enfim, por mais que resistiu,
que a tudo vence e rende a fora dela.

Jamais o mundo viu dama to bela;
com ela a Natureza repartiu
a graa, com que ao mesmo feriu,
laos com quem no vale fora ou cautela.

rara e nunca vista formosura,
formosura bastante a sojugar
o mesmo deus d'Amor to soberano.

Olhai, se poder de um fraco humano
a fora, a fora tal muito durar,
quando a fora de Amor to pouco dura!

Luís Vaz de Camões
[D'AMORES DE ũA ÍNCLITA DONZELA]
Voltar