Afogo no teu ombro
tudo o que não te digo
o pânico do sonho
o resplendor do risco

É de ti que me escondo
Em ti é que me afirmo
Antes de já ser ontem
sentir que estamos vivos


In O corpo iluminado
David Mourão-Ferreira
[AFOGO NO TEU OMBRO]
« Voltar